Inverno: como prevenir os problemas respiratórios

No inverno, com as baixas temperaturas, ficamos mais suscetíveis aos problemas respiratórios, como os resfriados e a gripe.
De acordo com o pneumologista Adilson Medeiros dos Santos, da Pró-Vida, hábitos saudáveis são essenciais. Não fumar, evitar ambientes com poluição (com fumaça ou sem respiradouros) e aglomerações. Beber muita água, alimentar-se bem e praticar atividades físicas “ajudam a pessoa a estar menos propensa a doenças infecciosas próprias do inverno”, recomenda. A quem tenha problemas como asma e rinite, devem redobrar os cuidados, evitando contato com pessoas gripadas, e promover, em casa, o controle do ambiente. “Manter a casa arejada e abolir o uso de cortinas, tapetes e produtos químicos”, conclui.
Às crianças
A pneumologista pediátrica Kellen Meneghel (também da Pró-Vida) reforça a ingestão de água para prevenção e combate a gripes e resfriados. “A hidratação, aliada à alimentação fracionada (em pouca quantidade, porém, com maior frequência), ajuda a criança a se restabelecer mais rapidamente. A água é um eficiente expectorante natural”. Para a prevenção, higienizar as mãos e evitar levá-las aos olhos, nariz e boca evitam o contágio via mucosas. “Manter a criança longe de pessoas doentes e, sobretudo, não levá-la à escola gripada, são medidas essenciais”, destaca.
A vacinação como recurso de prevenção é também essencial.

16
jul 2012
POSTADO POR
POSTADO EM Notícias
COMENTÁRIOS 0 Comments

A avaliação neuropsicológica como ferramenta diagnóstica

Por: Dr. Jaime Lin – neurologista pediátrico

No dia a dia da prática neuropediátrica, frequentemente nos deparamos com encaminhamentos ou queixas referentes a dificuldades de aprendizagem, muitas vezes relacionadas a dificuldades na atenção, a leitura, a escrita, entre outros

De fato, o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é considerado atualmente a principal condição neuropediátrica afetando cerca de 8% da população em idade escolar.
Mas até que ponto as dificuldades de aprendizado são naturais ou derivam de alguma alteração no cérebro? Como saber se uma dificuldade na leitura e escrita é um fato isolado ou se está acompanhado de outras alterações cognitivas?$
Parte dessa resposta pode ser dada pela neuropsicologia que estuda a relação entre o cérebro e o comportamento humano.
A neuropsicologia faz parte também das boas práticas médicas em neuropediatria. Na avaliação diária de uma criança com dificuldades de aprendizagem, é de fundamental importância saber se a criança tem a sua inteligência normal, se apresenta a capacidade de focar a sua atenção, de organização e de tomada de decisões.
Todas essas informações podem não ser obtidas através de exames neurológicos tradicionais como a eletroencefalografia ou exames de imagem.
A avaliação neuropsicológica se fundamenta na aplicação de testes padronizados para a análise de habilidades cognitivas como memória, atenção, linguagem e funções visuais, tendo seus resultados comparados com parâmetros referenciais também padronizados.
A partir disso, é possível se identificar o perfil cognitivo de cada criança, identificando-se habilidades e também fraquezas.
A indicação para a avaliação neuropsicológica é feita por médicos neuropediatras e neurologistas que recorrem a essa ferramenta para auxiliar no diagnóstico. Juntos, o neuropediatra e o neuropsicólogo, através de testes apropriados, podem determinar a conduta terapêutica mais adequada para cada caso.
Portanto, procure sempre se manter informado.

 

Jaime Lin é médico neuropediatra no Centro Pediátrico da Pró-Vida.

 

 

08
jul 2012
POSTADO POR
POSTADO EM Artigos
COMENTÁRIOS 0 Comments
TAGS

Inverno: é tempo de laser

O inverno é a época ideal para a realização de procedimentos para clarear e rejuvenescer a pele do rosto. Visando ao combate às rugas e problemas cutâneos e na elevação da autoestima do paciente, o laser é parceiro fundamental.
Está disponível, na Pró-Vida, o laser fracionado CO2. De acordo com o dermatologista Luís Gustavo de Ávila, “o laser fracionado (ou erbium fracionado) produz resultados superiores com relação aos anteriores, fazendo com que a pele se recupere forma mais rápida e segura”, enfatiza.
O laser fracionado é eficaz para amenizar rugas acentuadas. Sobretudo as pessoas claras com mais de 50 anos têm indicação. Torna a pele mais lisa, melhorando a textura e a cor. Auxilia na suavização da flacidez facial. É muito eficaz, ainda, na eliminação de cicatrizes de acne.
Depilação – Os tratamentos a laser também são excelentes aliados tanto dos homens (para corrigir ou eliminar barba) quanto das mulheres, como método de depilação, sendo um bom recurso para eliminar pelos escuros e grossos.

01
jul 2012
POSTADO POR
POSTADO EM Notícias
COMENTÁRIOS 0 Comments

Campanha do agasalho: entidade recebe doações da Pró-Vida

Aos longo de 21 anos de existência, a Pró-Vida vem promovendo, continuamente, diversas ações de responsabilidade social.
Dentre as ações recentemente desenvolvidas, está a Campanha do Agasalho. A campanha, que teve início em abril último, teve por meta coletar, junto aos colaboradores da clínica, roupas, cobertores e calçados. A entidade beneficiada, neste ano, foi a STAN (Sociedade Tubaronense de Amparo aos Necessitados). A organização foi fundada em 1952 e atualmente, presta atendimento a cerca de 100 famílias. A entrega das doações foi feita na última semana.
De acordo com a coordenadora das ações de responsabilidade social da clínica, Joziani Soete, foram doados à STAN um total de 321 peças de roupa, três cobertores, 48 pares de meia e 12 pares de sapato.
“Essa ação, como as demais desenvolvidas continuamente, tornou-se possível pelo empenho e espírito de solidariedade de nossos colaboradores”, destaca o gerente geral da Pró-Vida, Fábio Vandresen.

21
jun 2012
POSTADO POR
POSTADO EM Notícias
COMENTÁRIOS 0 Comments

Cardiologia pediátrica: especialidade previne problemas de coração desde o útero materno

O cardiologista pediátrico atua na avaliação de dor torácica, sopros cardíacos, cansaço, dentre outras queixas comuns e que podem indicar problemas de coração. A avaliação de crianças e adolescentes que possuam histórico familiar de doenças do coração, também é uma área em que o especialista atua, explica o cardiologista pediátrico Luiz Felippe Orlandi Honório, do Centro Pediátrico da Pró-Vida
“Na atualidade, pelos recursos disponíveis, é possível cuidarmos da saúde do coração da criança antes de seu nascimento. A partir da 20ª – 24ª semana de gestação, já se pode realizar o ecocardiograma intrauterino (exame disponível no segundo andar do Pró-Vida Diagnóstico, assim como o holter 24 horas e o teste de esforço)”, ressalta o médico.
Por meio do exame, podem-se tratar as possíveis patologias, bem como programar o parto, “oferecendo maior segurança à mãe e ao bebê”, explica o cardiologista. “Junto ao endocrinologista e ao pediatra geral, atuamos de forma interdisciplinar na prevenção e combate a diversos problemas, dentre eles a obesidade infantil,problema que em virtude da mudança de hábitos alimentares, da insegurança da vida urbana e do sedentarismo, tem se tornado comum, infelizmente”, finaliza Dr. Luiz.

Fonte de pesquisa: http://saude.abril.com.br/edicoes/0273/medicina/conteudo_138650.shtml

17
jun 2012
POSTADO POR
POSTADO EM Notícias
COMENTÁRIOS 0 Comments

Em nome da prevenção: conheça o projeto Check-up

Proporcionar ao cliente maior comodidade e cuidado ao ter seu histórico médico acompanhado por um especialista avaliará sua saúde. Isso por meio de consultas periódicas, exames funcionais, laboratoriais e radiológicos, detectando precocemente sintomas de várias doenças e prevenindo o aparecimento de outras. Esse é o objetivo do projeto Check-up da Clínica Pró-Vida Uma ferramenta de acompanhamento e promoção da saúde, incentivando, constantemente, a busca pela orientação médica e a realização de exames.
Aderindo ao projeto, o cliente consultará o médico e realizará todos os seus exames indicados à sua faixa etária em um só dia. Caso algum exame mais complexo seja exigido, de acordo com histórico familiar ou algum fator de risco, o cliente terá novamente seu exame agendado.

Longevidade e prevenção

Com o avanço da idade, os exames tornam-se cumulativos. Ou seja: na realização do check-up, aqueles recomendados a todos as faixas etárias passam a ser somados aos mais específicos, como a densitometria óssea, haja vista o processo de envelhecimento natural e os cuidados que este requer. A periodicidade também aumenta com o passar dos anos.

Mais informações: 48 3631-1500.

13
jun 2012
POSTADO POR
POSTADO EM Notícias
COMENTÁRIOS 0 Comments

Nutrição: mesmo no inverno, é possível viver em paz com a balança

Segundo a nutricionista Thaísa Herdt, da Pró-Vida, no inverno, é importante cuidar com os exageros típicos do inverno, principalmente com relação a alimentos muito calóricos e ricos em gorduras. “Na estação de baixas temperaturas, as necessidades energéticas do organismo aumentam, em função da necessidade de se produzir mais calor para manter a temperatura corporal. Assim, é natural haver um aumento do apetite”, explica Thaísa.

Para manter a boa forma, é importante cuidar da alimentação e não exagerar no consumo de massas, doces, bebidas para compensar o apetite aumentado. ”Juntamente com o aumento do apetite, sentimos vontade de ingerir algo quente e bebidas alcoólicas, o que pode aumentar o consumo de calorias e consequentemente, o peso”, conclui a nutricionista.

Dicas

Seleção de alimentos pode suprir  calorias sem levar ao

aumento do peso.

  • As massas com molhos brancos ou muito elaborados se tornam muito calóricas. Portanto, prefira massas com molho simples de tomate ou a bolonhesa;
  • a estação é propícia para o consumo de sopas. Nesse caso, prefira sempre as preparações à base de verduras e legumes, que são ricas em fibras, vitaminas e minerais;
  •  consuma frutas todos os dias. Sempre que possível opte por aquelas que contém vitamina C (limão, acerola, laranja, morango), pois de acordo com alguns estudos esta vitamina reduz o tempo de recuperação das gripes e resfriados, muito comuns no inverno;
  • substitua doces calóricos (chocolates, doce de leite, bolos) por doces à base de frutas ou frutas secas (doce de banana/ abóbora, uva passa, damascos, ameixa seca);
  • chás de ervas (camomila, hortelã, maçã, erva-cidreira, erva-doce, entre outras) são bebidas aromáticas perfeitas para aquecer e hidratar o corpo no inverno.
08
jun 2012
POSTADO POR
POSTADO EM Notícias
COMENTÁRIOS 0 Comments

Deixar de fumar é recomendação fortalecida em 31 de maio

Metade dos tabagistas, provavelmente, falecerá devido a doenças causadas pelo cigarro. Patologias como infarto agudo do miocárdio, acidente vascular cerebral ( “derrame”), câncer e problemas respiratórios, costumam acometer os fumantes.

“A insistência de tantas pessoas em seguir fumando, mesmo frente ao constante esforço dos meios de comunicação e profissionais da área da saúde em esclarecer a população, não deve ser interpretada como simples escolha. A nicotina presente no cigarro causa dependência, por meio de alterações químicas e comportamentais, em muito semelhantes às vivenciadas por dependentes de substâncias como cocaína e heroína. Portanto, o tabagismo tira a liberdade de escolha do indivíduo”, destaca o psiquiatra Luiz Eduardo Wanrowsky Fissmer, da Pró-Vida.

Dr. Luiz explica que, ao parar de fumar, o tabagista experimenta uma série de sinais corpóreos e sensações desagradáveis, o que dificulta a tarefa de manter-se longe do cigarro. “Atualmente, há tratamentos que diminuem muito e/ou alteram a forma como o indivíduo experimenta as sensações causadas pelo abandono do cigarro. Estes tornam a interrupção do tabagismo mais tolerável e, portanto, possível”, ressalta o psiquiatra.

Tratamentos – Entre as alternativas terapêuticas “pode-se citar o uso de gomas de mascar com nicotina por um tempo programado, fármacos sob a forma de comprimidos e psicoterapia. Mudanças comportamentais, como atividade física e uma alimentação saudável, são também essenciais nesse processo”, conclui.

         Estatísticas assustadoras – Segundo dados do InCa, o tabagismo é tido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo. A organização estima que um terço da população mundial adulta, isso é, um bilhão e 200 milhões de pessoas (sendo, deste contingente, 200 milhões de mulheres), sejam fumantes. Pesquisas comprovam que aproximadamente 47% de toda a população masculina e 12% da população feminina no mundo fumam.

A OMS traz à tona um dado curioso: enquanto nos países em desenvolvimento os fumantes constituem 48% da população masculina e 7% da população feminina, nos países desenvolvidos a participação das mulheres mais do que triplica: 42% dos homens e 24% das mulheres fumam.

Anualmente, estima-se que faleçam por ano 4,9 milhões de pessoas, o que corresponde a mais de dez mil mortes por dia. Caso as atuais tendências de expansão do seu consumo sejam mantidas, esses números aumentarão para dez milhões de mortes anuais por volta do ano 2030, sendo metade delas em indivíduos em faixa etária idade produtiva (entre 35 e 69 anos de idade) (WHO, 2003).

31
mai 2012
POSTADO POR
POSTADO EM Notícias
COMENTÁRIOS 0 Comments

Prevenção da gripe: Pró-Vida dispõe da vacina conjugada

A Clínica Pró-Vida tem disponível a vacina conjugada, a qual oferece proteção contra a gripe comum sazonal e a gripe H1N1. Quem desejar se vacinar pode fazê-lo de segunda a segunda, das oito da manhã às onze da noite, horário de atendimento da clínica.

O valor da vacina é 50,00. Previna-se!

Mais informações no (48) 3631-1500.

25
mai 2012
POSTADO POR
POSTADO EM Notícias
COMENTÁRIOS 0 Comments

PUVA/ Fototerapia Solução aos portadores de psoríase, dermatite atópica e vitiligo

Combater de forma eficaz problemas de pele como a psoríase, o vitiligo e a dermatite atópica é a finalidade da fototerapia ou PUVA. O tratamento é indicado a pessoas que tenham psoríase severa, quando não há mais resposta ao tratamento com creme. O tratamento também é indicado aos portadores de vitiligo e dermatite (alergia) atópica.

Segundo os dermatologistas Maria Virgínia de Melo Guedes e Luís Gustavo Sponchiado de Ávila, da Pró-Vida, sobretudo no caso da psoríase, em geral, nos primeiros trinta dias as pessoas já começam a sentir melhoras.

Como funciona – A fototerapia consiste na aplicação de banhos de luz ultravioleta (UVA e UVB). A duração média de uma sessão é de 30 minutos, duas vezes por semana. Duas horas antes, o paciente “ingere uma medicação chamada psoraleno, utilizada no tratamento de diversas doenças de pele e que serve para reter a radiação na pele do paciente”, explica Dra. Maria Virgínia.

Dermatite atópica – Para a dermatite atópica, alergia que, em geral, atinge as crianças no primeiro ano de vida, a fototerapia é também um excelente recurso, concluem os dermatologistas.

25
mai 2012
POSTADO POR
POSTADO EM Notícias
COMENTÁRIOS 0 Comments