Especial Dia dos Pais: pai destaca hábitos de saúde que busca repassar aos filhos

Neste domingo, 14 de agosto, comemora-se o Dia dos Pais. Ser pai, nos dias atuais, exige flexibilidade, amor, paciência e adaptação, sobretudo pela eclosão das tecnologias, não disponíveis nas gerações anteriores. Para destacar esse desafio, que envolve, dentre outras lições, a transmissão de hábitos de saúde e prevenção, um pai tubaronense falou ao Blog Pró-Vida.

O psicólogo e professor Darlan Albino é pai de Luan, de 4 anos e Luara de 1. Em torno dos hábitos relativos à saúde e à prevenção, ele destaca que antes mesmo de ter as crianças, “a saúde já era algo com o que minha esposa e eu nos preocupávamos. Desde quando nos casamos, passamos a adotar pequenos hábitos mais saudáveis, como utilizar arroz integral, sal marinho e açúcar não-refinado”, explica Darlan.
“Outro fator a que procurei estimulá-los foi quanto à ingestão de frutas e verduras e de sucos mais naturais em vez dos refrigerantes. Matriculei meu filho na natação, como forma de incentivá-lo a realizar atividades físicas e penso em seguir o mesmo caminho com minha filha mais nova”, explica Darlan.
“Como pai, procuro desenvolver em meus filhos a consciência de que adotando hábitos mais saudáveis no dia a dia, como alimentação equilibrada e exercícios, estes contribuirão diretamente para saúde deles”, conclui.
A adoção de bons hábitos alimentares, a prática de exercícios físicos e a orientação médica periódica são hábitos essenciais. Sobre a importância desse aspecto aos pais de várias faixas etárias, o cardiologista Bruno Medeiros dos Santos, da Clínica Pró-Vida, enfatiza: “É essencial, aqui destacar a importância de dois fatores fundamentais à prevenção e combate das doenças do coração: alimentação saudável e atividade física constante”, frisa Dr. Bruno.
“À medida que o indivíduo vai envelhecendo, o acompanhamento médico deve se intensificar. Pacientes em reabilitação cardiopulmonar, revascularizados (com ponte de safena) e portadores de diabetes e hipertensão devem realizar exames a cada dois ou três meses”, recomenda Dr. Bruno.

12
ago 2016
POSTADO POR
POSTADO EM Notícias
COMENTÁRIOS 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>